Fotos

Facebook

Vídeos

Links

Goulart é reeleito presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de São Paulo
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de São Paulo, reunida no início da tarde desta quarta-feira (2), reelegeu, por unanimidade, o vereador Goulart (PSD) presidente da CCJ. O vereador Eduardo Tuma (PSDB) foi eleito vice-presidente. 
A vereadora Sandra Tadeu indicou o nome do vereador Goulart para a presidência, o qual foi prontamente aceito pelos demais membros da Comissão. 
Leia mais...
 
Projeto de Lei da vereadora Sandra Tadeu propõe a obrigatoriedade de advertência dos males do consumo de álcool nos rótulos e embalagens de bebidas alcoólicas
Semelhante ao que já existe nas embalagens de cigarros, o PROJETO DE LEI (PL) Nº 145 /2014, de autoria da vereadora Sandra Tadeu (DEM), dispõe sobre a obrigatoriedade de advertência sobre os malefícios do consumo do álcool nos rótulos de embalagens de bebidas alcoólicas comercializadas no âmbito do Município de São Paulo.  
Segundo a vereadora, o presente PL tem como finalidade “tutelar a saúde e o bem estar do cidadão, além de proteger o seu direito à informação adequada, principalmente considerando que a bebida alcoólica, por sua própria natureza, é um produto com inerentes riscos à saúde e à segurança do seu consumidor. Por isso o cidadão deve ser advertido de forma ostensiva dos malefícios causados pela bebida”. 
Leia mais...
 
Lei que proíbe música alta no transporte coletivo já está em vigor
Escrito por Alexandre de Paulo   
Vereadora Sandra Tadeu é a autora da Lei n° 15.937/2013, sancionada pelo prefeito Haddad em dezembro de 2013
 
Passados 90 dias da sanção do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), ocorrida no dia 24 de dezembro do ano passado, a Lei n° 15.937/2013, de autoria da vereadora Sandra Tadeu (DEM) e que proíbe o uso de aparelhos sonoros como mp3, celulares e outros tipos de mídia dentro de veículos de transporte coletivo na Capital, já está em vigor. Porém a sua regulamentação, que deve ocorrer oportunamente, "no que couber", segundo o texto da lei, não inviabiliza a sua vigência e aplicabilidade. 
Leia mais...
 

Informativos

Enquete

Qual é a sua opinião sobre meu projeto de lei que estabelece a instalação de detectores de metais nas escolas da rede pública municipal de SP?